Você não precisa achar o público para o seu trabalho, ele vai achar você.

  1. Início
  2. Dicas
  3. Você não precisa achar o público para o seu trabalho, ele vai achar você.

Você não precisa achar o público para o seu trabalho, ele vai achar você.

No entanto, para que isso se concretize, não basta ser bom. Antes de ser encontrado, você precisa ser encontrável. Há maneiras de expor o seu trabalho e fazer com que ele seja descoberto enquanto você se mantém focado em ser bom naquilo que faz.

Quase todas as pessoas que me inspiram e admiro hoje em dia, em qualquer profissão compartilham a sua rotina. Essas pessoas estão em seus estúdios, home offices, mas não mantêm seus trabalhos em segredo. Eles mostram seus projetos e constantemente postam pistas do que estão fazendo, suas ideias e aprendizados na internet. Ao invés de gastar tempo fazendo contatos, estão tirando proveito dessa rede. Ao compartilhar suas ideias eles geralmente ganham um público ao qual podem recorrer quando precisam, para apoio, opiniões, criticas e etc.

Uma alternativa para as pessoas que odeiam a autopromoção, é tentar pensar em seus trabalhos como um processo contínuo, compartilhando seus processos de maneiras que atraia pessoas interessadas no que você faz e lidar com os altos e baixos que surgem quando se coloca um trabalho na rede. Aqui você pode se tornar um referência para outra pessoa.

Imagine ser um estudante e ganhar um prêmio em algum projeto que você compartilhou/publicou online, perder o seu emprego e ainda assim ter contato com pessoas que admiram o seu trabalho e estão dispostas a te ajudar a encontrar um novo.

Ou suponha algo mais simples e satisfatório: gastar a maior parte do seu tempo, energia e atenção praticando e aprendendo coisas novas ou tocando um negócio, ao mesmo tempo possibilitando que seu trabalho atraia um grupo de pessoas que dividem os mesmos interesses.

Mostre, compartilhe e publique o seu trabalho. É a única coisa que você precisa e deve fazer.

Siga-me Facebook | Twitter | Behance

Espero que tenha gostado. Não deixe de comentar abaixo caso conheça alguma história parecida.
Faça bom proveito e se tiver alguma dúvida basta entrar em contato.

Retirado e editado do livro Mostre seu trabalho! Austin Kleon

Post anterior
Como se sentir seguro ao contratar um designer a distância?
Próximo post
Guia rápido para criação de uma marca

Posts Relacionados

No results found

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu