Encontre a sua voz, até que as pessoas certas o encontrem.

  1. Início
  2. Dicas
  3. Encontre a sua voz, até que as pessoas certas o encontrem.

Sempre me preocupei em encontrar essa tal voz, sempre desejando encontrar a minha. Porém a única maneira de encontrar é praticando. Falando sobre coisas que lhe interessam, sua voz com certeza irá aparecer.

Quando o crítico de cinema Roger Ebert passou por uma séria de cirurgias extensas para tratar um câncer, acabou perdendo sua capacidade de falar. Ele literalmente perdeu sua voz. Um homem que trabalhava em grande parte falando na televisão e que agora não podia falar uma única palavra. Para se comunicar com seus amigos e familiares, o crítico teve que começar a escrever suas respostas em pedaços de papel ou digitar.

Impedido de ter conversas diárias, focou sua energia em postar no Twitter, no Facebook e em seu blog. Gerou assim um número de postagens numa rapidez alucinante, escrevendo milhares de palavras sobre assuntos diversos, dentre elas seus pensamentos sobre sua morte inevitável. Centenas de pessoas comentavam os posts e ele respondia. Postar no blog se tornou sua maneira de comunicação. “Na internet, minha voz real encontra expressão”, escreveu.

Ebert sabia que seu tempo nesse planeta era curto e por isso queria compartilhar tudo que podia no período que lhe restava. “O sr. Ebert escreve como se fosse uma questão de vida ou morte porque é”, notou uma jornalista. Ebert postava porque tinha que postar, era uma questão de ser ou não ouvido. Uma questão de existir ou não.

Onde quero chegar com toda essa história? Pode soar um pouco extremo, porém hoje em dia, se o seu trabalho não estiver online, ele não existe! Todos nós temos a oportunidade de usar a nossa voz para nos expressar, mas vários de nós a desperdiçamos. Se quer que as pessoas saibam o que você faz e o que lhe interessa, precisa dividir com elas. Se faça presente mesmo que as vezes seja difícil e que pareça que nada da certo, insista e não desista. O nada você já tem, então corra atrás de seus objetivos.

Siga-me Facebook | Twitter | Behance

Espero que tenham gostado. Não deixe de comentar abaixo caso conheça alguma história parecida.
Faça bom proveito e se tiver alguma dúvida basta entrar em contato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu